Fim do melasma

O que é melasma? 

Melasma é um problema muito comum que consiste em manchas escuras e descoloridas na pele. Também chamado de cloasma, e comum em mulheres grávidas. De acordo com estudos, 90% das pessoas que desenvolvem melasma são mulheres.

Melasma são manchas mais escuras que a cor normal da pele. Normalmente ocorre no rosto e é simétrico com marcas correspondentes em ambos os lados do rosto. Outras áreas do corpo que são freqüentemente expostas ao sol também podem desenvolver melasma.

Os manchas coloridas acastanhadas geralmente aparecem: nas bochechas, testa, nariz e queixo. Também podem ocorrer no pescoço e nos antebraços. Esta coloração na pele não causa nenhum dano físico, mas muitas pessoas sofrem com o dado esteticamente falando que o melasma causa.

Causas e fatores de risco de melasma

O que causa o melasma não e um fator claro. Os indivíduos de pele mais escura correm maior risco do que aqueles com pele clara. A sensibilidade ao estrogênio e à progesterona também está associada à condição. Isso significa que as pílulas anticoncepcionais, a gravidez e a terapia hormonal podem desencadear melasma. O estresse e a doença da tireoide também são causas de melasma. Além disso, a exposição ao sol pode causar melasma porque os raios ultravioleta afetam as células que controlam o pigmento (melanócitos).

Como o melasma é diagnosticado?

Um exame visual da área afetada é freqüentemente suficiente para diagnosticar o melasma. Para excluir causas específicas, o profissional de saúde pode realizar testes que auxiliem no diagnostico preciso. Uma técnica de teste é um exame de lâmpada de madeira. Este é um tipo especial de luz que é direcionado para sua pele. Ela permite que o profissional procure infecções bacterianas e fúngicas e determine quantas camadas de pele afetada pel o melasma. Para verificar se há condições graves de pele, eles também podem realizar uma biópsia que consiste em  remover um pequeno pedaço da pele afetada para testes.

Tratamento para o Melasma

O melasma em alguns casos pode desaparecer por conta própria. Isso normalmente ocorre quando é causado por pílulas anticoncepcionais. Existem cremes específicos para o tratamento de melasma que um profissional de saúde pode prescrever que pode aliviar a pele. Pode ser usado peeling químico, técnicas de dermo-abrasão e micro dermo abrasão. Esses tratamentos eliminam as camadas mais profundas da pele e podem ajudar a aliviar as manchas escuras. 

Esses procedimentos não garantem que o melasma não volte e em alguns casos o melasma não pode ser completamente eliminado. Você pode ter que repetir o tratamento e manter certas práticas de tratamento para reduzir o risco de retorno do melasma. Estes incluem minimizar a exposição ao sol e usar protetor solar diariamente.

Vivendo com o melasma

Embora nem todos os casos de melasma sarem com tratamento, há coisas que você pode fazer para garantir que as condições não piorem. Sao eles:

  • usar maquiagem com Fps para cobrir as áreas,
  • usar Lumiclear funciona diariamente,
  • tomar medicação prescrita que atua como protetor da pele e protetor solar,
  • usar protetor solar todos os dias com Fsp 30 ou mais,
  • usar chapéu ou boné que proporciona sombra para o rosto,
  • Usar roupas protetoras se você se expor ao sol por longo período de tempo.

Cuidar sempre sera o melhor remédio! E este cuidado começa na infância e deve ser feito por toda a vida. O uso do protetor solar e imprescindível em qualquer ocasião, estando nublado ou ensolarado e nunca esquecer de investir em produtos de qualidade como o lumiclear clareador de manchas, um produto altamente eficaz feito para todos e todas!